(Portuguese) VIOLEIROS DO PORTO

𝐕𝐈𝐎𝐋𝐄𝐈𝐑𝐎𝐒 𝐃𝐎 𝐏𝐎𝐑𝐓𝐎 Guitarra Portuguesa de 𝐉𝐨𝐚𝐪𝐮𝐢𝐦 𝐝𝐚 𝐂𝐮𝐧𝐡𝐚 𝐌𝐞𝐥𝐥𝐨


March
11
2021

Sorry, this entry is only available in European Portuguese. For the sake of viewer convenience, the content is shown below in the alternative language. You may click the link to switch the active language.

Existe em Portugal uma variedade de cordofones única na Europa e o Porto assume um lugar de destaque pelo número de personalidades que trabalharam na cidade e contribuíram de forma assinalável para o desenvolvimento dos instrumentos de corda portugueses. Os 𝐕𝐢𝐨𝐥𝐞𝐢𝐫𝐨𝐬 𝐝𝐨 𝐏𝐨𝐫𝐭𝐨 ocuparam artérias específicas da cidade – Bainharia, Mouzinho da Silveira, Sol, entre outras – e a sua história pode recuar até ao séc XVII.
Um nome incontornável neste contexto é 𝐉𝐨𝐚𝐪𝐮𝐢𝐦 𝐝𝐚 𝐂𝐮𝐧𝐡𝐚 𝐌𝐞𝐥𝐥𝐨 (1847-1924), que juntamente com os seus filhos, é referenciado em alguns dos mais importantes dicionários de violaria mundial como Vannes e Pratt.
Com oficina primeiramente na rua da Bainharia, 66 e 68, e mais tarde na rua da Porta Nova, 43 a 47, é contemporâneo de António Duarte. Fabricava todo o tipo de cordofones como guitarras, violas, cavaquinhos e bandurrinhos com reconhecida qualidade, tendo sido premiado em exposições nacionais e no estrangeiro.
Fonte:
Eduardo Baltar Soares
Recordamos a bonita Guitarra Portuguesa de Joaquim da Cunha Mello recuperada na oficina da Casa da Guitarra.