Viola Beiroa

Também chamada de Bandurra ou Viola de Castelo branco, eis a Viola Beiroa, cordofone da região da Beira Baixa, pertencente à família das violas de Arame portuguesas. A actual afinação, definida pelo mestre Alísio Saraiva, convencionou-se em MI RÉ LÁ MI SI + RÉ (requintas). Pormenor do cravelhal das requintas, exclusivo da Viola Beiroa entre as Violas de Arame portuguesas. As requintas são duas cordas agudas e curtas, que não são pisadas, sendo tocadas quase sempre soltas. Fonte: Viola Beiroa, Método, Edição INATEL Viola Beiroa, construtor Artimúsica. Disponível na Casa da Guitarra. Mais informações em geral@casadaguitarra. pt


Abril
21
2020

Também chamada de Bandurra ou Viola de Castelo branco, eis a Viola Beiroa, cordofone da região da Beira Baixa, pertencente à família das violas de Arame portuguesas. A actual afinação, definida pelo mestre Alísio Saraiva, convencionou-se em MI RÉ LÁ MI SI + RÉ (requintas).

Pormenor do cravelhal das requintas, exclusivo da Viola Beiroa entre as Violas de Arame portuguesas. As requintas são duas cordas agudas e curtas, que não são pisadas, sendo tocadas quase sempre soltas.

Fonte: Viola Beiroa, Método, Edição INATEL

Viola Beiroa, construtor Artimúsica.

Disponível na Casa da Guitarra.

Mais informações em geral@casadaguitarra. pt