O Braguinha



Agosto
27
2020
O Braguinha
Pequeno cordofone da Ilha da Madeira, com caixa em forma de oito, pertencente à família das violas de mão. Apresenta escala elevada sobre o tampo, 17 trastes e boca redonda; encordoa com 4 cordas simples, afinadas sobre o acorde de SOL M, do agudo para o grave RÉ4 SI3 SOL3 RÉ3. As três primeiras são de aço fino, na última, arma com um bordão de fieira.
A mais antiga descrição conhecida deste cordofone de mão encontra-se no 𝘝𝘰𝘤𝘢𝘣𝘶𝘭á𝘳𝘪𝘰 (1716) do padre Raphael Bluteau, onde assume a designação de Machete (viola pequena).
Machete, Braguinha, Braga, Machete de Braga ou Cavaquinho: a diversidade de nomes do pequeno instrumento parece refletir as dúvidas quanto à sua origem. Carlos Santos considera-o de origem insular, relacionando o nome com as 𝘣𝘳𝘢𝘨𝘢𝘴, antigo traje do camponês madeirense. A tese mais consensual é, contudo, a que aponta a sua origem no cavaquinho continental.
O 𝗕𝗿𝗮𝗴𝘂𝗶𝗻𝗵𝗮 (e também o Rajão) era tocado por “tocadores espontâneos” nas festas e arraiais do arquipélago ao ritmo do “Bailinho” e da “Charamba”. Actualmente, conhece novo fulgor com a adaptação do repertório tradicional por parte de projectos culturais como Xarabanda, Banda d`Além ou Si que Brade, entre outros.
Fonte: Ernesto Veiga de Oliveira | Escolas das Artes, Governo Regional da Madeira | Vítor Sardinha
Na fotografia, Braguinha, modelo CV70C, construtor

Artimúsica Instrumentos Musicais Lda , disponível na Casa da Guitarra
+ info: geral@casadaguitarra.pt | 222 010 033