Ultimos Eventos

Marcos Araújo e Fernando Cury Concerto de guitarra clássica casa da guitarra porto Motivado pelo ano do Brasil em Portugal (2013) e constatando que muitos pós-graduandos em guitarra clássica do DeCA (Universidade de Aveiro) eram brasileiros, Paulo Vaz de Carvalho, professor do DeCa, propôs o projeto Irmão Violão como uma mostra da produção em Performance em Guitarra Clássica da UA e intercâmbio cultural. A ideia uniu destacados guitarristas brasileiros que vieram se aprimorar em Portugal. A palavra “violão” é um termo que antigamente se usava só em Portugal e se usa agora no Brasil para designar a guitarra clássica; em virtude da grande afinidade entre os dois países nasce o Irmão Violão. Fernando Cury é doutorando em performance de guitarra clássica pela Universidade de Aveiro sob orientação do Prof. Dr. Paulo Vaz de Carvalho e com apoio da CAPES do Brasil. Concluiu em 2006 o Mestrado em Práticas Interpretativas em Violão na Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) onde ingressou temporariamente no quadro de professores. Em Portugal desenvolveu trabalho artístico e didático na Academia de Artes de Chaves no distrito de Vila Real e atuo como tutor em guitarra clássica de alunos brasileiros em intercâmbio na Universidade de Aveiro. Mestre em performance musical pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul/Brasil, o violinista brasileiro Marcos Araújo é doutorado em Estudos em Performance no Departamento de Comunicação e Arte da Universidade de Aveiro. Como violinista, atua profissionalmente desde os seus 15 anos de idade em diversos grupos musicais no Sul do Brasil, apresentando-se nos principais programas de rádio e televisão daquela região. Tendo recentemente realizado um período de estágio de pesquisa no Instituto de Educação da Universidade de Londres, Marcos desenvolve investigações sobre processos cognitivos e afetivos subjacentes à prática musical.

Junho
06
2015

Motivado pelo ano do Brasil em Portugal (2013) e constatando que muitos pós-graduandos em guitarra clássica do DeCA (Universidade de Aveiro) eram brasileiros, Paulo Vaz de Carvalho, professor do DeCa, propôs o projeto Irmão Violão como uma mostra da produção em Performance em Guitarra Clássica da UA e intercâmbio cultural. A ideia uniu destacados guitarristas brasileiros que vieram se aprimorar em Portugal.

A palavra “violão” é um termo que antigamente se usava só em Portugal e se usa agora no Brasil para designar a guitarra clássica; em virtude da grande afinidade entre os dois países nasce o Irmão Violão.


Continuar
Oficina envernizamento Luthier José Catoira Casa da Guitarra portoA Casa da Guitarra, em parceria com Instrumentos musicais Tremoço, promove, nos dias 6 e 7 de Junho uma oficina de envernizamento de instrumentos musicais de tampo plano. A oficina será dada pelo Luthier Jose Catoira e serão abordados os seguintes temas: . Acabamentos da madeira com raspador, lixa e micromesh. . Tipos de tapa poros. . Acabamento com pedra pomes e verniz. . Aplicação de verniz “à boneca”. . Polimento. Esta oficina tem como numero mínimo de inscrições 6 pessoas (com um custo de 160 euros) e numero máximo de 10 pessoas (com um custo de 100 euros)e a data limite de inscrição é dia 1 de Junho. Para inscrições ou mais informações: instremoco@gmail.com geral@casadaguitarra.pt 933 851 183 222 010 033 Luthier Jose Catoira . Formação 1998 – Escola oficina de Marcenaria do Concelho de Oleiros, A Coruña 1999-2001 – Construção de harpa céltica na E.M.A.O Concello de Vigo, Pontevedra. 2003-2005 – Cursos de construção de violinos na London Metropolitan University, U.K. 2004 – Curso de construção de arcos em Victoria, B.C. , Canadá 2006-2009 – Diploma Newark School of Violin Making. Menção Honrosa “Upper Merit”. 2010 – Cursos em Oberlin, USA. (convidado pela Violin Society of America) 2010 – Moldes e impressões com Sharon Que, Parma. Italia. 2014 – Desenho técnico e proporcional aplicado á luthería com Francois Denis, Madrid. . Vida Profissional 2003-2005 – Marceneiro em Rick Baker LTD, London. Moble de alta gama a medida 2005-2006 – Assistente de Oficina do luthier Germán Arias, Sarria. 2008-2011 – Mestre de luthier no Juliet Barker Workshop, Cambridge. UK 2011 – Restauro de instrumentos clássicos em Fred Oster, Philadelphia. USA. Finais 2011 – Estudio em A Coruña. Construção e restauro de quarteto clássico.

Junho
06
2015

A Casa da Guitarra, em parceria com Instrumentos musicais Tremoço, promove, nos dias 6 e 7 de Junho uma oficina de envernizamento de instrumentos musicais de tampo plano. A oficina será dada pelo Luthier Jose Catoira e serão abordados os seguintes temas:

. Acabamentos da madeira com raspador, lixa e micromesh.
. Tipos de tapa poros.
. Acabamento com pedra pomes e verniz.
. Aplicação de verniz “à boneca”.
. Polimento.

Abertas Inscrições


Continuar

Maio
30
2015

Motivado pelo ano do Brasil em Portugal (2013) e constatando que muitos pós-graduandos em guitarra clássica do DeCA (Universidade de Aveiro) eram brasileiros, Paulo Vaz de Carvalho, professor do DeCa, propôs o projeto Irmão Violão como uma mostra da produção em Performance em Guitarra Clássica da UA e intercâmbio cultural. A ideia uniu destacados guitarristas brasileiros que vieram se aprimorar em Portugal.

A palavra “violão” é um termo que antigamente se usava só em Portugal e se usa agora no Brasil para designar a guitarra clássica; em virtude da grande afinidade entre os dois países nasce o Irmão Violão.


Continuar
A viola de Fado por Antóno Reis Casa da Guitarra Porto

Maio
23
2015

A ConnectART traz-nos mais um’A Sessão com António Reis, formador da primeira sessão ligada ao fado, estilo próprio e característico da música tradicional Portuguesa. A Viola de Fado cumpre um papel específico dentro do fado com uma abordagem distinta da guitarra clássica. Esta sessão pretende transmitir aquilo que é próprio da viola no fado.

Nesta sessão vai-se abordar:
– A viola de fado (formas de execução balanço/contratempo)
– Variações harmónicas de fados tradicionais
Tratando-se de uma sessão de harmonia os participantes poderão trazer qualquer instrumento para desempenhar o papel harmónico.

O promotor deste evento é a Casa da Guitarra.

A participação é gratuita mediante candidatura até ao dia 22 de Maio havendo neste evento um número mínimo e máximo de vagas.


Continuar
IRMÃO VIOLÃO – MAURÍCIO GOMES E PAULO PEDRASSOLIMotivado pelo ano do Brasil em Portugal (2013) e constatando que muitos pós-graduandos em guitarra clássica do DeCA (Universidade de Aveiro) eram brasileiros, Paulo Vaz de Carvalho, professor do DeCa, propôs o projeto Irmão Violão como uma mostra da produção em Performance em Guitarra Clássica da UA e intercâmbio cultural. A ideia uniu destacados guitarristas brasileiros que vieram se aprimorar em Portugal. A palavra “violão” é um termo que antigamente se usava só em Portugal e se usa agora no Brasil para designar a guitarra clássica; em virtude da grande afinidade entre os dois países nasce o Irmão Violão. Maurício Gomes iniciou seus estudos de guitarra aos 12 anos, licenciando-se em Educação Artística com Habilitação em Música pela Universidade do Estado do Pará (UEPA) e em guitarra pelo Conservatório Carlos Gomes, onde estudou com o professor Salomão Habib. Posteriormente mudou-se para Barcelona (Espanha) e ingressou na Escola Superior de Música de Catalunya, onde estudou com Zoran Dukic e Àlex Garrobé. Foi professor de guitarra da Estudis Musicals Atlântida (EMA) em Barcelona e do Conservatório Carlos Gomes (Brasil). Fez vários concertos por capitais brasileiras e também em Portugal, Espanha e Alemanha. Dentre suas atuações, destaca-se a participação no Concerto à Brasileira, realizado em 2009 na Embaixada do Brasil em Berlim (Alemanha), tocando ao lado dos músicos Wilfried Berk e Elizabeth Berk-Seiz. Na ocasião, realizou a primeira audição alemã da obra completa para violão de Cláudio Santoro. Cursou o Mestrado em Música da Universidade de Aveiro sob a orientação dos professores Paulo Vaz de Carvalho e Pedro Rodrigues. Atualmente é professor de guitarra do Conservatório David de Sousa (Figueira da Foz). Paulo Pedrassoli é Mestre em Música pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) e professor (3o grau) de violão na mesma instituição. Atualmente cursa o doutoramento em Performance na Universidade de Aveiro. Desenvolve intensa carreira artística como solista, camerista e diretor musical, tendo se apresentado em diversos países como França (Paris), Estados Unidos (Los Angeles), Japão (Tóquio, Kioto, Nasu, Fujisawa e Okayama), Alemanha (Ulm), Austrália (Sydney), Portugal (Lisboa, Porto, Coimbra, Alcobaça, Braga, Aveiro, Nisa e Fundão), India (Nova Deli e Chandigard), Caribe (Barbados), Paraguai (Assunção) e Marrocos (Rabat), além das mais importantes salas de concerto do Brasil. Sua discografia inclui o CD “Heitor Villa-Lobos: Obra Integral para Violão Solo”, gravado na Alemanha (Karlsruhe) e recebido entusiasticamente pela crítica especializada nacional e internacional como uma das melhores gravações da integral villalobiana. A revista americana The AbsoluteSound saúda esta gravação como “um trabalho maravilhoso” e a revista inglesa ClassicalGuitar anuncia que “Pedrassoli oferece uma interpretação de classe internacional, que poderia servir de referência para todas as outras”. Pedrassoli gravou ainda com o violoncelista polonês ZygmuntKubala o CD “Arpeggione”, que obteve da revista Guitar Player a afirmação de que “o encontro de dois grandes artistas pode resultar em música excepcional”. Seu mais recente lançamento é o CD “Roberto Victorio: obras para violão por Paulo Pedrassoli”, dedicado à música deste compositor contemporâneo brasileiro. Categoria: Ultimos Eventos Etiquetas: Concerto, guitarra clássica, viola, violão

Maio
23
2015

Motivado pelo ano do Brasil em Portugal (2013) e constatando que muitos pós-graduandos em guitarra clássica do DeCA (Universidade de Aveiro) eram brasileiros, Paulo Vaz de Carvalho, professor do DeCa, propôs o projeto Irmão Violão como uma mostra da produção em Performance em Guitarra Clássica da UA e intercâmbio cultural. A ideia uniu destacados guitarristas brasileiros que vieram se aprimorar em Portugal.

A palavra “violão” é um termo que antigamente se usava só em Portugal e se usa agora no Brasil para designar a guitarra clássica; em virtude da grande afinidade entre os dois países nasce o Irmão Violão.


Continuar

Maio
17
2015

“Grgic rapidamente se afirmou como um artista em ascensão no panorama da guitarra clássica.” Mak é um músico inovador, com um repertório abrangente que inclui músicas do avant-garde, bandas sonoras de cinema, grandes clássicos e transcrições de Brahms e Kreisler.

O seu mais recente álbum, gravado pela Marquis Music, intitulado Cinema Verismo, foca-se na música presente no cinema ao longo das últimas décadas e na transcrição de bandas sonoras. O CD inclui as Astúrias de Albeniz, para a qual um crítico afirmou “ Grgic fez um excelente trabalho, satisfazendo as expectativas da audiência e tornado a obra sua”.

Cinema Verismo apresenta, também, música de filmes tão diferentes como “The Godfather, The Good, the Bad and the Ugly, Volver, The Mission, West Side, Story and Chariots of Fire”. http://www.makgrgic.com/


Continuar