Viola Amarantina

amarantina


A viola amarantina, também designada de viola de Amarante, é típica da região do Douro Litoral. Menos conhecida do que a viola minhota, diferencia-se por ter uma escala mais comprida, até à boca, e ostenta dois corações, que se julga estarem ligados a uma história de amor envolvendo um trovador medieval. Esta Viola aparece principalmente nas “Festadas”, onde o seu tocador acompanha as “Chulas”, características da região do Baixo Tâmega. A viola amarantina possui 5 ordens de cordas duplas: as duas ordens mais agudas estão afinadas em uníssono, as três ordens mais graves estão afinadas em oitava. Algumas fontes dão a seguintes afinações : Lá Mi Si Lá Ré, do agudo para o grave, e a “Moda Velha” Lá Fá# Si Sol Ré.