Rajão

De entre todos os instrumentos utilizados no folclore madeirense, o Rajão será, provavelmente, o mais genuinamente regional na sua origem e, certamente, aquele que apresenta características mais arcaicas passíveis de serem associadas historicamente à região, que remontam o século XVII. Executado em "ponteado" ou com o vulgarmente designado “tocar de rasgado”, trata‐se de um instrumento que é utilizado sobretudo como acompanhador do canto e da dança no folclore da região. O Rajão, arma com cinco cordas simples, do agudo para o grave Lá Mi Dó Sol Ré mas, divergindo das violas de mão, caracteriza‐se por ter a terceira corda (Dó) como sendo a mais grave contrariamente aos outros instrumentos em que a quinta costuma ser a mais grave.

Agosto
3
2014

De entre todos os instrumentos utilizados no folclore madeirense, o Rajão será, provavelmente, o mais genuinamente regional na sua origem e, certamente, aquele que apresenta características mais arcaicas passíveis de serem associadas historicamente à região, que remontam o século XVII. Executado em “ponteado” ou com o vulgarmente designado “tocar de rasgado”, trata‐se de um instrumento que é utilizado sobretudo como acompanhador do canto e da dança no folclore da região. O Rajão, arma com cinco cordas simples, do agudo para o grave Lá Mi Dó Sol Ré mas, divergindo das violas de mão, caracteriza‐se por ter a terceira corda (Dó) como sendo a mais grave contrariamente aos outros instrumentos em que a quinta costuma ser a mais grave.


Continuar

Agosto
2
2014

A origem da Viola de Arame Micaelense ou Viola da Terra,está relacionada com a presença da viola portuguesa, trazida do continente no início do povoamento das ilhas, neste caso na ilha de São Miguel. A Viola da Terra assumiu, ao longo do tempo, grande importância social e cultural na vida dos açorianos, marcando presença em diversas manifestações festivas tradicionais, para acompanhar melodias, ocupando um lugar privilegiado na poesia popular. A boca geralmente tem a abertura com a forma de dois corações, com as pontas em sentidos oposto, e segundo explicação popular representam o amor entre duas pessoas que se separam fisicamente, ficando ligadas pelo mesmo sentimento que é a saudade. Possui 5 ordens de cordas onde, as três ordens mais agudas são duplas e estão afinadas em uníssono, as duas ordens mais graves são triplas e estão afinadas em oitava, do agudo ao grave, Ré Si Sol Ré Lá.


Continuar

Agosto
1
2014

A origem da Viola de Arame Micaelense ou Viola da Terra,está relacionada com a presença da viola portuguesa, trazida do continente no início do povoamento das ilhas, neste caso na ilha de São Miguel. A Viola da Terra assumiu, ao longo do tempo, grande importância social e cultural na vida dos açorianos, marcando presença em diversas manifestações festivas tradicionais, para acompanhar melodias, ocupando um lugar privilegiado na poesia popular. A boca geralmente tem a abertura com a forma de dois corações, com as pontas em sentidos oposto, e segundo explicação popular representam o amor entre duas pessoas que se separam fisicamente, ficando ligadas pelo mesmo sentimento que é a saudade. Possui 5 ordens de cordas onde, as três ordens mais agudas são duplas e estão afinadas em uníssono, as duas ordens mais graves são triplas e estão afinadas em oitava, do agudo ao grave, Ré Si Sol Ré Lá.


Continuar

Julho
31
2014

A Viola Caipira têm diversas denominações, conforme a sua distribuição geográfica, é muito comum na porção interior do Brasil, onde é considerada um dos ícones da música popular brasileira.


Continuar